Eventos

II Implanta TISS - TUSS onde estamos e onde queremos chegar

ANS – Tendências esperadas para o ano de 2011

  1. Integração da Saúde Suplementar com o SUS.
  2. Novas formas de gestão.
  3. Novo modelo de remuneração para os Prestadores com base em:
    • Conta Aberta
    • Conta Global
    • Pacotes
    • Capitalização
  4. Qualificação das Operadoras e Prestadores (Modelos de Incentivo).
  5. Implantação do Cartão Nacional de Saúde identificação unívoca (contendo informações essenciais do beneficiário e prontuário eletrônico).

REGULAÇÃO

  1. Haverá alterações no Plano de Contas.
  2. Haverá alterações nas Guias de Atendimento – Vai sair a Versão 3.0 – (Haverá Inclusão, exclusão de Campos e a criação de nova Guia).
  3. Material de Divulgação de Rede deverá passar a ser sob Modelo da ANS.
  4. Indicadores de Qualidade Assistencial – Divulgação Obrigatória para as Operadoras de Saúde.
  5. Ferramentas que facilitem a tomada de decisão por parte dos Prestadores.
  6. Deverá sair uma RN definindo pontos obrigatórios que deverão constar no contrato com os prestadores.

    # Foi apresentado que o contrato deverá conter claramente o Modelo de Remuneração. Existe uma tendência para que seja incluído um Modelo que possa contemplar a performance do prestador.

  7. Prestador passará pelo processo de qualificação (Acreditação, NOTIVISA, Certificado Profissional)
  8. Construção de novas relações (Canais com Prestadores, Monitoramento contratualização e Relações Formais)

Concluindo, o evento se destacou com uma convocação dirigida ao mercado da Saúde Suplementar, relevando a importância de uma participação mais intensa e criteriosa junto aos representantes perante o COPISS, juntamente com a necessidade de melhorarmos os padrões na qualidade da saúde no Brasil.

É imprescindível que as Operadoras, Prestadores, Entidades de Classe, enfim, para garantir a sua sustentabilidade e os seus interesses, unam esforços com objetivo de aumentar a eficácia nas decisões que deverão ser tomadas pela ANS, principalmente nas questões envolvendo a TUSS, onde o modelo ideal para o mercado brasileiro, ainda não esta definido claramente.

Aproveito para agradecer à todos os membros da Comissão que de alguma forma apoiaram, participaram e incentivaram a realização do evento.

Muito Obrigada!

Veja a programação do evento clicando aqui.

II Implanta TISS - TUSS